15 setembro 2009

A Ponta da Praia



A Ponta da Praia

E ali estava eu, novamente parado frente ao mar... Como se ainda ouvisse o marulhar das águas nas pedras que estavam sob os meus pés úmidos e frios.

Meu olhar penetrava reto e profundo o horizonte, querendo encontrar o primeiro raio de sol que iria aquiescer-me do frio de tão longa espera. Não era a primeira, mas a mais longa de todas as esperas.

Não sei porque, mas o encontro daquele momento, bordou de tão bela a minha maldade humana, que tudo levava meu pensamento mar adentro. E ele se misturava com aquele estranho bailar dos peixes que, eu sinto, algo queria dizer-me. Mas eu não compreendia. Luzes estranhas, âncoras perdidas e gemidos vazios mesclavam-se no emaranhado de água, sal e pensamento.

Nada, nem um raio de sol. A água ali estava, escura, fosca, mas eu a via, a sentia translúcida. Montanhas erguiam-se do nada à minha volta e assim se perdiam no mundo que sustentava meu corpo... Ouvi gritos muito perto de mim. Incrível como isso ocorrera, pois meu mundo era outro e eu na realidade não estava ali.

Lembrei-me quando fui pela primeira vez à ponta da praia. Foi num dia, apenas num dia. Ela estava vazia e úmida... Exatamente como a sinto agora.

... Mas cá estou eu novamente. Vejo-me outra vez em pé sobre as pedras da praia. Começo a sentir a água fria subindo por minhas pernas. Sinto cada grão de areia que tanto me ensinou. Na realidade, cada um faria parte do meu pensamento. Cada um deles seria o meu Eu. E todos ali... À minha volta.

É estranho agora, pois nada ouço e já está tão escuro, sombrio. Caí então de joelhos, meu corpo estava cansado. Um clarão enorme. Projetei-me à frente desesperado à procura do meu raio de sol. Meu pensamento parara e com um esforço descomunal coloquei-me ereto. Tudo girava, menos o mar. Ele ainda jazia lá, bem à minha frente.

Tentei então avançar uma das pernas, mas... Quais pernas ?

Eu não as sentia. Eu não me enxergava mais. Nunca me enxerguei. Por que seria agora ?

E então ? E os bailados, as âncoras, as areias ?

...Só um grão sobrara, e ele boiava bem à minha frente. E foi indo, indo, o mar abriu seus braços, as montanhas explodiram, os peixes gargalharam, o vento sorriu, o sol mergulhou nas águas e eu me atirei. Atirei o que sobrara de mim contra os braços que eu tanto esperei.

...Mas o grão de areia afundou.

Renato Baptista

20 comentários:

Chá das Cinco disse...

Me senti de frente para o mar!
Gostei,de cada detalhe.
Foi uma viagem
Muito bom...
Um abraço

marilandia disse...

Arte em versos, unindo pai e filho em sulimes liames.
ADORÁVEL essa união!!!
Sucesso perene, abençoado.
Beijos aos dois.
Marilândia

Tânia Meneghelli disse...

Se existe algo nessa vida que me inunda de prazer e energia é o mar. E aqui ele foi revelado com beleza, vivo, suave, poético... Belíssimo texto!
Beijoca!

Maria Bonfá disse...

Renato que lindo ! os detalhes tão bem descritos me levaram para diante do mar.. parabéns por sua grandeza da alma..beijo

Mariana disse...

Vim conhecer o teu blog e agradecer a tua visita.
Gostei do teu talento aqui compartilhado conosco.
Não encontrei a opção para ser tua seguidora.
Voltarei,.

Giovani Pasini disse...

Gostei do seu blog, parabéns!
Muito bom o texto!
Se quiser visitar o meu blog,
falo sobre educação e cultura.
Quero divulgar os meus textos,
se puder prestigiar
é só visitar o endereço abaixo:
http://giovanipasini-educacao.blogspot.com

A partir de hoje sou seu seguidor!

M@ria disse...

Gostei muito do seu blog.Excelente textos....Parabéns

Boa Noite....M@ria

Beta disse...

Olá Renato!
Lindas palavras!
Ganhamos mais um elo? Vc postará sobre a violência?
Adorei seus blogs e já sou seguidora!

Seja bem vindo!!

Bjkas
Beta

Vera Y. Silva disse...

tudo acaba por ir ao fundo nesta vida

MEUS POEMAS disse...

Olá Renato, vc coloca tão bem as palavras e com tanto sentimento que, ao iniciar a leitura do conto, impossível parar, gostaria de ler um romance escrito por vc, seria demais!!!!
Obrigada por sua visita e comentário meu querido!
Bjs da sua nova admiradora
Gena

rosa disse...

Amei visitar teu blog e encontrar por mei deste tanta coisa linda, por exemplo A Ponta de Praia, muito bonito o texto, a imagem então nem se fala.
Sucesso, bjs. Rosa Edna

M@ria disse...

Agradecendo sua visita e desejos de um Natal e ano novo Feliz!

Obrigada.....desejo o mesmo pra voce e com carinho.......M@ria

Celia M disse...

Seu texto me fez lembrar o meu. Acho que todo mundo um dia se viu a frente desse impasse. Se jogar ou não? Nas águas, na vida, nos sonhos, e por aí vai. Lindíssimo. Bjss

cristal de uma mulher disse...

Boa tarde..Logo voltarei aqui para contemplar tus maravilhas..
Estou com problemas de internet más quero te agradecer por tua chegada em meu cato..
Meu beijo de luz

REGGINA MOON disse...

RENATO,

GRATA POR SUA VISITA...LINDO TEXTO!!

TE DESEJO UMA ÓTIMA SEMANA!

BEIJOS,

REGGINA MOON

www.versoeprosapoemas.blogspot.com

Rosemary Quintas disse...

Olá Renato!

Parabéns pelo poema!
Grata pelas felicitações e as retribuo com muito carinho.

Um abraço.
Rosemary

SONIA MENEZES disse...

Leitura instigante. Os detalhes penetram a alma da gente e a imagem se faz presente como num tela de cinema. Parabéns por tão belo texto.
Obrigada por suas visitas em meu Blog. É sempre um prazer receber os amigos.
Um grande abraço.

Paulo Tamburro disse...

OI, RENATO, UM BLOG DE TEXTOS PROFISIONAL. PARABÉNS!

ESTOU LHE CONVIDANDO PARA VISITAR MEU BLOG DE HUMOR:

"HUMOR EM TEXTO".

É DE GRAÇA!

UM ABRAÇÃO CARIOCA E QUE SEU NATAL SEJA EXATAMENTE, COMO VOCÊ SEMPRE SONHOU!


FIQUE COM DEUS!

Tânia Meneghelli disse...

Renato,

Também achei essa postagem muito especial, talvez porque eu seja uma daquelas adoradoras do mar. Sei lá porque, mas o mar me atrai muito. Gosto do cheiro, do barulho, das formas... Fico horas olhando pra ele, tentando entender seu mistério. O mar é tremendamente inspirador!

Aproveito minha passagem por aqui pra te desejar um Natal maravilhoso, cheio de paz e bastante especial.

Beijoca!

Sereia disse...

_________♥☆♥ To passando para desejar
________ ♥ ▓ ♥ FELIZ NATAL e
_______ ♥ ▓▓▓ ♥ um ótimo ANO NOVO
______ ♥ ▓▓▓▓▓ ♥ Que nesse novo ano
_____ ♥ ▓▓▓▓▓▓▓ ♥ possa vir
____ ♥ ▓▓▓▓▓▓▓▓▓ ♥ cheio de amor,
___ ♥ ▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓ ♥ paz,
__ ♥ ▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓ ♥ saúde e
_ ♥ ▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓ ♥ muita felicidade...
♥ ▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓ ♥ Que vc consiga
___________███ ________ todos os seus sonhos
___________███ ________♥ ♥ FELIZ NATAL! ♥ ♥
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
•• E UM 2010 RECHEADO DE COISAS BOAS!!! ••


Beijos
Estou seguindo e me perdoe pela demora.