24 agosto 2010

Flor - Poetrix

Um comentário:

Zezinha Sousa disse...

Versos ternos que escondem muita sensualidade.

Obrigada pela visita, estava com saudades. Bjos!!!

Zezinha