01 janeiro 2010

Sonhos de Criança


Sonhos de Criança

Revivo de vez em quando lembranças da minha infância. São imagens que me vêm nítidas, atrevidas, desafiando o meu presente.
O cheiro do meu armário de brinquedos, o badalar do relógio de pêndulo do meu Pai, o som da caixinha de música da minha mãe, o tilintar da chuva na janela do meu quarto que anunciava a negativa das brincadeiras na rua.
Lembro da minha primeira bicicleta que tanto castiguei... ela me levou a conhecer o mundo. Recordo-me do aroma de comida que vinha da cozinha e que me lembrava que eu estava com fome. Lembro bem dos meus carros de autorama que eu montava e desmontava peça por peça de olhos fechados, incrementava, envenenava e que me traziam vários troféus.
Lembro-me muito bem dos meus times de futebol de botão que sobrevivem até hoje... Com exceção de alguns jogadores que faleceram com o tempo, racharam e se quebraram e que ganharam um funeral condizente com a sua importância de títulos lá na terra do quintal de casa.
Lembro das figurinhas, do piano que minha mãe tocava nos finais de tarde e nas manhãs de Domingo e dos meses de Julho de frio doído aqui em São Paulo.
E me recordo muito bem dos seriados de TV que eu adorava (assunto para horas a fio) e do meu primeiro radinho de pilha que eu colocava entre a fronha e o travesseiro para minha mãe não ver, pequenino, pretinho e que eu ligava para poder dormir ouvindo música toda santa noite.
Lembro de todos os meus desejos proibidos, inenarráveis, da minha ansiedade por ser alguém grande, adulto que eu não sabia, teria muita saudade de tudo aquilo, de tudo o que eu já era e já tinha.
Eram muitos sonhos... Incontáveis sonhos. Uma visão do mundo não muito clara, condizente com a minha idade. Pouca informação e no coração uma sensação estranha. Eu não sabia o que era. Um algo indefinido e indecifrável. Totalmente incompreendido para mim naqueles dias... uma presença que eu não entendia.
Era você que nascia para mim!
Renato Baptista

Um comentário:

A vida é feita de escolhas disse...

Emocionante Renato.Lindo é pouco maravilindo!
Abraço amigo.
Ps: tentei entrar em seguidores, mas não consegui acho que é a net. Mas vou continuar tentando.